25 C
Recife

Senac-PE leva tradicional farofa de bolão ao 1º Festival da Farofa

O gastrônomo e dicionarista Antônio Houaiss catalogou a nossa farofa em três gavetas: secas, de gordura e molhada. E é a partir dessa última técnica que o chef João Eugênio, do Senac, representará Pernambuco no 1º Festival da Farofa – Farofa com História, do Observatório do Patrimônio Gastronômico do Nordeste e Espírito Santo (Opanes). O evento acontece nesta sexta (24), a partir das 10h, pelo canal do YouTube do observatório.

Na tradicional farofa de bolão, a farinha, já com sal, é misturada com golpes de água quente e temperada com cebola, coentro, tomate e pimentão. “É um preparo simples, acessível, que remete à infância e representa bem a nossa cultura. Acompanha muito bem preparos com molho”, anota o chef, citando a galinha à cabidela, que usará para compor o prato em sua apresentação.

banner prefeitura são joao

Festival da Farofa – Cheia de charme, com a personalidade e o tempero de cada estado, a farofa é um dos alimentos mais requisitados e festejados em toda a mesa brasileira. Com o objetivo de valorizar os sabores, cores e perfumes das farofas de cada estado, o Observatório do Patrimônio Gastronômico do Nordeste e Espírito Santo (Opanes), sob a coordenação do Senac, propõe um passeio pelas diferentes farofas da região. O evento acontece on-line, nos dias 23 e 24 de setembro, das 10h às 12h, pelo YouTube do Opanes.

De Alagoas vem a farofa com colorau, da Bahia a farofa com maturi e dendê, do Ceará a farofa de caju. Espírito Santo vai trazer a farofa capixaba, do Maranhão vem a farofa com lâminas de coco e da Paraíba a farofa d’água. Pernambuco traz a farofa bolão, Piauí a paçoca com carne de sol, Rio Grande do Norte com a farofa yumuru war e Sergipe vai mostrar sua farofa de cuscuz com carne de sol.

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,39
EUR
5,54
CNY
0,80

Em destaque