dark

Opinião: Não podemos torcer contra o governo de Padre Joselito; estaríamos contrariando tudo

Opinião: Não podemos torcer contra o governo de Padre Joselito; estaríamos contrariando tudo
Opinião: Não podemos torcer contra o governo de Padre Joselito; estaríamos contrariando tudo
Imagem: reprodução/inter

Independentemente em quem você tenha votado nestas eleições, você não pode torcer contra nossa cidade. Não é porque você não votou no Padre Joselito (PSB) que você deve ficar torcendo contra a gestão dele.

O ciclo administrativo de Joaquim Neto (PSDB) se encerra 31/12/2020 e ao longo do seu mandato inúmeros serviços foram resgatados, enquanto outros foram criados e ampliados. Joaquim cumpriu sua missão com êxito e mesmo não vencendo as eleições deixa a administração sem nada que desabone sua conduta como gestor; muito pelo contrário. Foi na gestão de JN que Gravatá ganhou medalha de ouro em segurança pública, transparência com gastos públicos e na pandemia da COVID-19 apresentou detalhamento de como foram destinados os recursos públicos.

O Padre Joselito encontrará uma cidade saneada, com salários em dia, serviços ativos, escolas reformadas, ruas asfaltadas, projeto de municipalização do trânsito, hospital reformado, base do SAMU reformada e equipada, PSF’s funcionando, cidade limpa, além de obras de escolas, creches e quadras em andamento.

Opinião: Não podemos torcer contra o governo de Padre Joselito; estaríamos contrariando tudo
Clebson Amsterdan

Joselito tem tudo para fazer um governo participativo, sem perseguição e pensando na coletividade. Além disso, Joselito têm a sabedoria e conhecimento administrativo de personagens públicos, a e exemplo do ex-prefeito Ozano Brito (PSB) e do Deputado Estadual Waldemar Borges (PSB).

Aliado do Governo do Estado, Joselito Gomes ainda tem a chance de captar e destinar recursos estaduais para o município.

Deixando as questões partidárias de lado; nossa cidade não será entregue a uma pessoa de má índole. Limpo administrativamente, Joselito Gomes tem tudo pra dá certo.