20 C
Gravatá

Trabalhadores da enfermagem do Paulista aprovam paralisação de 48h

Durante ato e assembleia que aconteceu nesta quinta-feira (20/01), os Auxiliares e Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros da rede municipal do Paulista decidiram deflagrar paralisação de 48 horas. As suspensões das atividades laborais acontecerão na próxima segunda (24) e terça (25) devido a falta de diálogo da gestão do prefeito Yves Ribeiro para que atenda as reivindicações dos trabalhadores.

Algumas entidades, a exemplo do Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco (Satenpe), vem tentando negociar com a gestão desde o ano passado, mas não houve avanço nas mesas de negociação. Além disso, foram trocados três secretários de Saúde durante o período, o que também tem atrasado no avanço das tratativas.

banner prefeitura

As pautas dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem são: perdas salariais, implantação da insalubridade em grau máximo (40%) e definição do grupo de trabalho para apresentar o projeto do piso salarial municipal.

“Essa paralisação demonstra a falta de compromisso do prefeito com os trabalhadores da enfermagem pela falta de sensibilidade em não cumprir com pautas básicas das categorias.  Convocamos todos os trabalhadores para que estejam mobilizados em defesa de mais reconhecimento e dignidade”, ressaltou o diretor do Satenpe, Gomes Filho.

Leia também:

- Advertisement -
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Detectamos que você está usando extensões para bloquear anúncios. Por favor, ajude-nos desativando este bloqueador de anúncios.

Powered By
CHP Adblock Detector Plugin | Codehelppro