Pernambuco abre mais de 12 mil novos negócios só no mês de agosto

No mês de agosto de 2021, 12.167 empresas foram constituídas em Pernambuco. É o segundo maior número de empresas abertas no ano, ficando atrás apenas do mês de janeiro com 12.321. Só na região metropolitana foram abertas 7.305 no mês. De janeiro a agosto foram abertos 84.476 novos negócios. Dessa forma, Pernambuco conta com 696.966 empresas em atividade.

Quando se trata de fechamentos de empresas, o número também chama a atenção, 4.465 empresas encerram suas atividades no Estado, maior número de encerramentos no ano. Ainda assim o mês deixa um saldo positivo de 7.702 empresas.

banner prefeitura são joao

Entre as atividades que mais abriram estão: comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares, promoção de vendas, comércio varejista de bebidas, fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para consumo domiciliar, comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal, cabeleireiros, manicure e pedicure, outras atividades auxiliares dos transportes terrestres não especificadas anteriormente, restaurantes e similares.

A presidente da Junta Comercial de Pernambuco, Taciana Bravo, lembra que a Junta tem buscado se adaptar às mudanças e oferecer um serviço cada vez mais digital e célere. “Iniciamos a utilização do PIX como uma opção de pagamento e logo a praticidade e a instantaneidade da ferramenta permitiram uma celeridade importante para a desburocratização do ambiente de negócios e em agosto já foi o formato com maior arrecadação”, conta Taciana.

Com o foco no empresário e buscando agilidade e segurança, a presidente explica que a JUCEPE passará a proceder com o registro mercantil exclusivamente em formato digital, nos termos do art. 32 da Instrução Normativa nº 81 do DREI.

“A partir de 04 de outubro de 2021, o registro passará a ser exclusivamente digital para as Sociedades Limitadas (LTDA), Sociedades Anônimas (S/A) e Consórcios de Sociedades; e a partir de 18 de outubro de 2021, o registro passará a ser exclusivamente digital para os Empresários Individuais e Cooperativas”, informa Taciana, alertando que após essas datas não serão aceitos processos físicos de qualquer espécie, sejam eles decorrentes de novos protocolos ou de retorno de exigência.

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes