28 C
Recife

Gravatá: o principal objeto de obra da COMPESA foi destruir perimetral construída com tanto esforço

GRAVATÁ: Além das inúmeras reclamações sobre as obras de saneamento da COMPESA, feita por leitores e ouvintes, nos principais veículos de comunicação, onde a maioria delas estão trazendo transtornos dentro e fora de imóveis, os motoristas que trafegam pela Perimetral Santo Papa João Paulo, informaram que desde que COMPESA cortou ao meio trechos da estrada para implantação de tubulação, o serviço de recuperação do asfalto foi feito de forma precária e decadente.

O asfalto está cedendo e por conta disto acidentes já foram registrados nas imediações da ODIP. A Guarda Municipal precisou instalar cavaletes para sinalizar a depressão do asfalto e evitar fatalidade. A gestão municipal deve se posicionar juridicamente sobre a qualidade do serviço.

banner prefeitura são joao

Com o saneamento apresentando problemas de escoamento, parece que o principal objeto da obra da COMPESA foi destruir a perimetral, que não foi devolvida com a mesma qualidade de antes.

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,39
EUR
5,54
CNY
0,80

Em destaque