Gravatá: Mulher que entregou filha para casal do Rio de Janeiro mentiu para a família dizendo que bebê estava morta

whatsapp image 2022 05 26 at 17.15.12 1

A mãe de uma bebé recém-nascida foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Gravatá, agreste pernambucano, após negociar pela internet a entrega da filha que nasceu há quatro dias.

Segundo informações, a mãe da criança teria conhecido o casal através da internet, possivelmente em um grupo de compras e vendas. O casal teria tentado fazer uma declaração que autorizava a ida da criança para o Rio de Janeiro, mas a Guarda Civil Municipal e o Conselho Tutelar foram acionados e impediram a conclusão da negociação entre os envolvidos.

banner prefeitura são joao

Ninguém da família sabia da existência da criança, pois, a mãe alegou para amigos e familiares que a recém-nascida havia falecido e que o enterro dela seria em Vitória de Santo Antão, onde ocorreu o parto. Por se tratar de uma ocorrência envolvendo menor de idade, as identidades dos envolvidos serão preservadas.

O site tomou conhecimento de que o pai da criança está preso e também pensa que sua filha está morta. Para as autoridades a envolvida disse que não sabia que entregar sua filha para o casal era considerado um crime.

O casal interessado na criança também foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, mas já estavam com a criança e prontas para viajar. O caso continuará sendo investigado pela Polícia Civil de Gravatá.

Esta ocorrência serve de alerta para qualquer pessoa, que por qualquer motivo tente entregar seu filho sem o conhecimento das autoridades. É possível a mãe de uma criança fazer a ENTREGA VOLUNTÁRIA PARA ADOÇÃO, mas para isso é preciso primeiro comunicar ao Conselho Tutelar ou a Vara da Infância e Juventude, manifestando a vontade de entregar seu filho para a adoção. Importante deixar registrado que este procedimento não envolve custos e que o processo corre em segredo de justiça.

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes