26 C
Recife

Em protesto, moradores de Jaqueira cobram ao Governo de PE pelo direito de terra

divulgacao william cavalcant 7

Desde as primeiras horas da manhã desta segunda-feira (02), diversas famílias de agricultores do município de Jaqueira, na Mata Sul, que trabalhavam na antiga Usina Frei Caneca, ou que são parentes de antigos trabalhadores da empresa falida há anos, paralisaram a rodovia PE-126, colocando fogos em pneus e galhos de árvores. O objetivo do ato pacifico é chamar atenção do Governo de Pernambuco e pedir ajuda para a regularização da posse das terras e pleno direito de permanecer nelas, além de garantir o direito ao sustento da família.

Os manifestantes carregam faixas sobre o pedido de “Basta Violência no Campo”. Entre as mensagens, eles chamam atenção também ao Tribunal de Justiça e ao Governo de Pernambuco: “Judiciário faça Justiça! Cobre as dívidas das Usinas falidas da Zona da Mata”, “Governador qual é o teu lado?”   

Essa luta tem aproximadamente três anos. Na semana passada, moradores das áreas rurais foram surpreendidos com ataques de funcionários da fazenda agropecuária da Mata Sul, que derrubaram parte das casas, enquanto outros tiveram plantações de bananas e laranjas distribuídas, por exemplo. Algumas propriedades são parte de pagamento de dívidas trabalhistas da antiga usina.

Com as ações que resultaram em diversos atos de intimidação, a Prefeitura de Jaqueira, está apoiando as necessidades dos moradores que tiveram parte de suas plantações destruídas, disponibilizando órgãos de apoio para resguardar a garantia da moradia de todos. Além da prefeita da cidade, Ridete Pellegrino, vereadores municipais e representantes religiosos estão acompanhando o ato. 

COMPARTILHE REPORTAGEM

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,11
EUR
5,22
CNY
0,76

Em destaque