26 C
Recife

Compartilhar prints de conversas do WhatsApp sem autorização pode gerar indenização para quem se sentir ofendido, decide STJ

whatsapp

A partir de agora as pessoas acostumadas a dar print em conversas de WhatsApp ou áudios, deverá pensar duas vezes antes de compartilhar tais conteúdos sem AUTORIZAÇÃO prévia. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu por unanimidade que divulgar conversas de WhatsApp sem o consentimento dos participantes, ou autorização judicial poderá gerar o dever de INDENIZAR sempre que constatado dano.

A jurisprudência agora é válida em todo Brasil após julgamento de recurso onde um homem fez print (captura de tela) de conversa de um grupo do qual participava no WhatsApp e divulgar tais imagens.

O homem foi condenado a pagar indenização de R$ 5 mil reais para um dos participantes que não gostou do compartilhamento das conversas e se sentiu ofendido.

COMPARTILHE REPORTAGEM

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,11
EUR
5,22
CNY
0,76

Em destaque