Caminhoneiros ameaçam paralisação nacional caso o preço do Diesel não baixe

Caminhoneiros,greve
MG – GREVE/CAMINHONEIROS – GERAL – Caminhoneiros fecham a BR-262, em Juatuba, na Grande Belo Horizonte, nesta segunda-feira (21). De acordo com a AssociaÁ¿o Brasileira de Caminhoneiros, o protesto pede a reduÁ¿o de impostos, como os cobrados sobre o Ûleo diesel. A associaÁ¿o tambÈm critica os recentes reajustes no preÁo dos combustÌveis. A Petrobras disse que o valor acompanha as variaÁ¿es do mercado internacional. 21/05/2018 – Foto: DOUGLAS MAGNO/O TEMPO/ESTAD¿O CONTE¿DO

Um grupo de caminhoneiros se reuniu neste último sábado (16) no Rio de Janeiro para debater o valor do Diesel que está em alta durante o governo Bolsonaro. Apesar de várias promessas, o governo não criou políticas consolidadas para baixar o preço do combustível, que acaba impactando nos ganhos de transportadoras e profissionais de transporte de cargas.   

Segundo informações, os caminhoneiros ameaçam realizarem uma paralisação nacional no próximo dia 1 de novembro caso as reiniciações não sejam atendidas.

banner prefeitura são joao

O estado de greve deve ser oficializado em até 15 dias. Além de quererem a redução do preço do Diesel, os caminhoneiros também exigem a defesa pelo piso mínimo de frete e o retorno pela aposentadoria dos caminhoneiros após 25 anos de contribuição pelo INSS.

A ABCAM não apoia a greve dos caminhoneiros.

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes