Aprovado projeto que autoriza prisão perpétua para estupradores e assassinados de crianças e adolescentes

Aprovado projeto que autoriza prisão perpétua para estupradores e assassinados de crianças e adolescentes

A partir de agora os estupradores terão uma punição severa na Colômbia. O Congresso do país latino mudou a Constituição Federal para considerar PRISÃO PERPÉTUA para estupradores e assassinos de crianças e adolescentes de até 14 anos.

O projeto foi apresentado ao presidente Iván Duque, sendo aprovado por unanimidade de votos pelo SENADO FEDERAL, que proibia pena de desterro, prisão perpétua e confisco.

A mudança era uma das promessas de campanha de Duque, presidente colombiano conservador, eleito no final de 2018. Apesar do projeto ter apoio popular, advogados e pesquisadores de violência fizeram duras críticas à nova lei, que deve ampliar os custos do sistema prisional.