dark

Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade

Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade

O turismo sustentável vibra em harmonia e perfeito equilíbrio com a diversidade biológica, a cultura e a identidade de um povo e ao mesmo tempo impacta positivamente a comunidade. No marco do mês do Meio Ambiente, o Uruguai propõe uma viagem por quatro experiências que farão qualquer um se emocionar.

Ao longo das últimas décadas o turismo vem se transformando em um dos principais motores da economia mundial, com o rol fundamental no desenvolvimento socioeconômico dos países, gerando ingressos, criando empresas, postos de trabalho e desenvolvendo a infraestrutura. Ao mesmo tempo, se instala a tendência do turismo comunitário e sustentável, que cresce pouco a pouco no Uruguai.

O turismo sustentável é uma linha estratégica que o Uruguai constrói cotidianamente, em sintonia com os princípios consagrados na denominada “Carta do Turismo Sustentável”, de 1995, acordada na Conferência Mundial de Turismo Sustentável, onde participaram integrantes de diversos organismos e programas das Nações Unidas. No seu primeiro ponto estabeleceu: “O desenvolvimento turístico deverá fundamentar-se sobre critérios de sustentabilidade, ou seja, precisa ser suportado ecologicamente a longo prazo, viável economicamente e equitativo da perspectiva ética e social para as comunidades locais”, visão que mais tarde se ratifica e amplia na Organização Mundial do Turismo.

  • Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade
  • Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade
  • Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade
  • Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade
  • Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade
  • Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade
  • Uruguai: experiências que transformam a alma e desenvolvem a comunidade

O turismo sustentável está embasado no fluxo circular, por um lado permite ao turista escapar da rotina e da massificação de viagens para abrir-se a um mundo de experiências e aventuras. Enquanto o locatário conta com novas fontes de emprego, revaloriza, cuida e promove a natureza, cultura, história e identidade. Nessa economia verde, todos ganham.