Tribunal de Contas de olho em irregularidades nos hospitais de campanha do Recife

O TCE está investigando possíveis irregularidades na transparência da prefeitura do Recife com relação a diversas ações emergenciais promovidas durante o combate ao coronavírus na cidade.

Segundo dados da Gerência de Contas da Capital do Tribunal de Contas do Estado, em todos os hospitais de campanha são apontadas supostas irregularidades na transferência de gastos de dinheiro público.

A falta de transparência teria sido observada no Hospital da Mulher do Recife, na Unidade Pública de Atendimento Especializado (UPAE) Arruda, na Hospitais Provisórios do Recife (HPR) I da (Aurora), II (dos Coelhos), e III (da Imbiribeira).