Técnica de Enfermagem morre sem conseguir UTI e com suspeita de coronavírus

Técnica de Enfermagem morre sem conseguir UTI e com suspeita de coronavírus

A técnica de enfermagem, Williane Maily Lins dos Santos, 30 anos, morreu no Hospital João Murilo, em Vitória de Santo Antão, após lutar por uma UTI por mais de 24 horas.

A jovem morreu na tarde de sexta-feira (17) com suspeita de COVID-19, doença transmitida pelo coronavírus. Sua morte repercutiu em todas as redes sociais, sobretudo em Vitória de Santo Antão.

A profissional de saúde, que já salvou inúmeras vidas, estava desde quinta (16) procurando uma Unidade de Terapia Intensiva. A família está inconformada com a fatalidade envolvendo a filha, pois a Central de Regulação de Leito de Pernambuco teria complicado todo procedimento de transferência da paciente.

Técnica de Enfermagem morre sem conseguir UTI e com suspeita de coronavírus

A informação dava conta que não havia leitos de UTI disponíveis pra a técnica de enfermagem, e que 60 pessoas aguardavam na fila por uma vaga. O hospital de Vitória teria demorado na hora de decidir entubar a jovem. Ela teria dado várias viagens ao posto de saúde local, mas só foi internada como suspeita de COVID19 quando deu entrada no hospital.