Sikeira Júnior perde anunciantes após criticar comunidade LGBTQIA+; MPF pede indenização de R$ 10 milhões

screenshot 3243 1

O apresentador Sikeira Júnior acabou perdendo vários anunciantes após fazer duras críticas à comunidade LGBTQIA+ em seu programa gerado pela TV A CRITICA e retransmitido pela REDE TV. O apresentador chamou a comunidade de ‘raça descaçada’ no programa exibido sexta (25).

Nas redes sociais digitais influencers usaram páginas para marcar anunciantes do programa e cobrar encerramento de contratos e geração de mídia em canais onde o vídeo do apresentado aparece.

banner prefeitura são joao

O Ministério Público Federal – MPF assinou ação que pede que a REDE TV e o apresentador paguem indenização, quando condenados, de R$ 10 milhões de reais por danos morais coletivos. O pedido pede também a exclusão do programa das plataformas digitais.

Não é a primeira vez que o apresentador pernambucano faz critica à comunidade LGBTQIA+. As empresa disseram que não patrocinam mais o programa apresentado por Sikeira Júnior e nem estabelecem qualquer relação comercial com a REDE TV.

CAÍRAM FORA:

  • HAPVIDA
  • TIM
  • MRV
  • MAGAZINE LUIZA
  • KICALDO ALIMENTOS
  • NOVO MUNDO
Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes