Seu auxílio emergencial foi negado? Veja como recorrer da decisão

Muita gente teve o benefício negado pelo Governo Federal, por diversos motivos. Segundo a CAIXA, os trabalhadores que tiveram o benefício negado poderão recorrer de decisão.

Desde ontem segunda-feira (20), o próprio aplicativo do AUXÍLIO EMERGENCIAL está com uma função para que o usuário possa fazer NOVA SOLICITAÇÃO, ou recorrer do resultado divulgado pela DATAPREV.

Se você acha que se enquadra no perfil e que merece receber o pagamento, você poderá verificar, ou recorrer da decisão baixando o aplicativo, cujos atalhos se encontram no final desta reportagem.

Mas calma, se seu resultado ainda está em ANÁLISE, não quer dizer que você não foi aprovado. Apenas quando a mensagem BENEFÍCIO NÃO APROVADO surge na tela é possível recorrer, ou fazer uma nova solicitação.

Casos seus dados tenham dado INCONCLUSIVOS, isso significa que você poderá fazer uma nova solicitação. Muita gente esqueceu de marcar se é ou não chefe de família, não informou o sexo, não colocou CPF e data de nascimento, ou está no CADÚNICO de outra pessoa da família. Em alguns casos, adicionou dados de pessoas da família que já haviam morrido.