Sara Winter se manifesta em frente ao Supremo Tribunal Federal contra Alexandre de Moraes

Sara Winter se manifesta em frente ao  Supremo Tribunal Federal contra Alexandre de Moraes

Mesmo após sua principal porta-voz, Sara Winter, ter sido alvo de mandados de busca e apreensão, o grupo, autodenominado, 300 BRASIL, protestou na noite deste último sábado (31) em Brasília (DF).

Carregando tochas e usando máscaras, os manifestantes gritaram palavras de ordem contra o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, responsável pelo inquérito que investiga ‘Fake News’ possivelmente financiadas e divulgadas por figuras públicas ligadas ao presidente Bolsonaro (sem partido).

Desde que a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de Sara Winter, ela passou a ‘infernizar’ a vida do Ministro Alexandre de Moraes: “O senhor me aguarde, Alexandre de Moraes, o senhor nunca mais vai ter paz na vida do senhor. A gente vai infernizar sua vida. A gente vai descobrir os lugares que você frequenta. A gente vai descobrir as empregadas domésticas que trabalharam para o senhor. A gente vai descobrir tudo de sua vida. Até o senhor pedir pra sair. Hoje o senhor tomou a pior decisão da vida do senhor”, disse a ativista em vídeo divulgado no Twitter.

Deixe seu comentário:

Comentário: