Redes sociais poderão remover conteúdo e conceder direito de respostas caso PL das Fakes News seja aprovado

Redes sociais poderão remover conteúdo e conceder direito de respostas caso PL das Fakes News seja aprovado
São Paulo- SP- Brasil- 17/12/2015- Por decisão judicial, as operadoras de telefonia móvel foram obrigadas a bloquear pelo período de 48 horas, em todo o Brasil, o aplicativo de troca de mensagens Whatsapp. A medida foi determinada pela 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo (SP), na tarde de ontem (16/12) e está sendo cumprida desde a 00:00 desta quinta-feira (17/12). Foto: Allan White/ Fotos Públicas

O Projeto de Lei das FAKE NEWS poderá dar poder as plataformas de mídia social para remover conteúdo e até oferecer direito de respeito as pessoas ofendidas por outras através da internet.

O projeto está em tramitação na Câmara dos Deputados e buscará instituir a Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet.

Os deputados querem aprovar o Projeto de Lei das Fakes News antes das eleições, pois é comum nesta época do ano surgiram muitas notícias falsas nas redes sociais, onde na maioria das vezes os autores ficam impunes.