Redes sociais poderão remover conteúdo e conceder direito de respostas caso PL das Fakes News seja aprovado

São Paulo- SP- Brasil- 17/12/2015- Por decisão judicial, as operadoras de telefonia móvel foram obrigadas a bloquear pelo período de 48 horas, em todo o Brasil, o aplicativo de troca de mensagens Whatsapp. A medida foi determinada pela 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo (SP), na tarde de ontem (16/12) e está sendo cumprida desde a 00:00 desta quinta-feira (17/12). Foto: Allan White/ Fotos Públicas

O Projeto de Lei das FAKE NEWS poderá dar poder as plataformas de mídia social para remover conteúdo e até oferecer direito de respeito as pessoas ofendidas por outras através da internet.

O projeto está em tramitação na Câmara dos Deputados e buscará instituir a Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet.

banner prefeitura são joao

Os deputados querem aprovar o Projeto de Lei das Fakes News antes das eleições, pois é comum nesta época do ano surgiram muitas notícias falsas nas redes sociais, onde na maioria das vezes os autores ficam impunes.  

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes