Presidiária natural de Gravatá é confirmada com coronavírus; paciente está na cidade

Uma mulher de 31 anos, residente em Gravatá, que estava cumprindo pena em regime fechado, em colônia penal, foi diagnosticada com o novo coronavírus.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, detenta está na casa de familiares em Gravatá cumprindo processo de isolamento social. Após cura ela deverá retornar para a cadeia.

O caso da detenta não foi contabilizado como sendo em GRAVATÁ, mas na cidade onde ela estava cumprindo pena. A equipe de saúde municipal está acompanhando a paciente e dando total assistência.