Prefeito de Limoeiro nega que tenha agredido mulher e diz que vai acionar a Justiça

O prefeito de Limoeiro, agreste de Pernambuco, João Luís Ferreira Filho, o “Joãozinho”, negou que tenha agredido fisicamente uma mulher que trabalhava no estacionamento do Parque de Exposição da cidade.

Segundo nota enviada pela assessoria de imprensa do gestor, o prefeito viu como preocupação a criança do fato, que segundo ele seria absolutamente inexistente.

O prefeito afirma que foi ao parque de exposição acompanhado de três secretários executivos, assessores e um ex-prefeito, que não viram nenhum agressão da entrada até a saída do prefeito.

O acusado disse que a acusação nasceu apenas da acusadora, sem qualquer fundamento ou provas, utilizando-se das redes sociais para propagar o vídeo, segundo ele, “ofensivo”, criando um alarde na cidade.

Por fim, a nota destaca que caso o assunto seja delegado ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o gestor não medirá esforços para provar sua inocência e responsabilizar a autora da acusação.