Gravatá

Possível fusão da oposição pode abalar política de Gravatá

Para quem pensa que a oposição de Gravatá, agreste pernambucano, está inerce e natimorta, engana-se. Os opositores do prefeito Joaquim Neto estão trabalhando incansavelmente pela consolidação de um grupo majoritário que disputará contra ele o processo eleitoral deste ano.

Enquanto alguns políticos abandonam os seus aliados e sequer atendem uma ligação, a oposição começa a garimpar aliados e firmar um grande grupo de aliança. Enquanto alguns políticos estão preocupados em importar lideranças da capital, esses políticos estão valorizando as potencialidades de sua cidade.

Os homens e líderes políticos que aparecem nesta imagem não estão reunidos para maltratar o perseguir ninguém. Eles buscam o entendimento mútuo sobre os rumos administrativos da cidade. O que todos têm em comum? São opositores declarados e ferrinhos do atual gestor Joaquim Neto.

Este site tomou conhecimento na íntegra sobre o os pontos abordados nesta reunião, mas evitará divulgá-los para não prejudicar o planejamento.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative seu bloqueador de anúncio