Por 10×4 orçamento da Câmara Municipal de Gravatá é aprovado; contador dá esclarecimentos

Contador Carlos Oliveira tira dúvidas dos vereadores / Foto: Arthur Ferreira

Zelando pela transparência dos gastos públicos, o presidente da Câmara Municipal de Gravatá, Léo do AR (PSDB), colocou em votação nesta terça-feira (3) o Projeto de Resolução nº 007/2019 com as previsões do orçamento do Poder Legislativo para o ano 2020.

Segundo a Lei vigente, a Câmara teria até o dia 05 de setembro deste ano para apresentar a proposta orçamentária parcial para o próximo ano. A previsão é enviada para o Poder Executivo, que analisará a compatibilização com as despesas municipal e inclusão na proposta orçamentária geral.

Mesmo sendo desobrigada de realizar audiência pública para tratar do orçamento da Câmara, o contador do Poder Legislativo, Carlos Oliveira (foto), foi autorizado a usar a tribuna para tirar dúvidas dos vereadores sobre despesas correntes, encargos sociais, despesas de capital e outros pontos do Projeto de Resolução.

Apesar de todas as dúvidas serem tiradas, quatro vereadores votaram contra o orçamento, e foram eles: Gustavo da Serraria (PV), Miaeiro (PSB), Marcelo Motos (PSB) e Dode Flores (PSDB), todos de oposição. O projeto agora segue para conhecimento do Prefeito Joaquim Neto (PSDB).