Polícia Federal prende dois homens em garimpo ilegal em Verdejante (PE)

Polícia Federal prende dois homens em garimpo ilegal em Verdejante (PE)

A Polícia Federal em Salgueiro/PE, através de informações levantadas, procedeu na data de ontem (13/08) por volta das 10h, a prisão de um agricultor de 18 anos, solteiro, natural e residente em Serrita/PE-(não possui antecedentes criminais) e de um lavourista de 53 anos, casado, natural e residente em Cedro/PE-(não possui antecedentes criminais). As prisões aconteceram em virtude de informações e fiscalização de rotina realizada pela Polícia Federal, dando conta de que havia um intenso movimento de pessoas, máquinas e motocicletas que estavam efetuando explosões para abrir valas e extrair minérios na operação de um garimpo ilegal localizado na Zona Rural de Verdejante/PE e causando um grande prejuízo ao meio ambiente daquela região. De posse dessas informações foi montada uma ação policial objetivando identificar, fazer buscas e prender os possíveis envolvidos apontados na investigação.

A ação teve seu desfecho quando os federais ao chegarem no local, encontraram uma motocicleta fazendo a vigilância da entrada do garimpo tendo sido imediatamente detido. Na sequência adentraram ao terreno por uma estrada de mão única e os federais conseguiram deter mais dois suspeitos, sendo um motorista de uma retroescavadeira que estava tentando evadir-se do local e também um outro motociclista que estava tentando fazer o mesmo. Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido o local cercado para buscas e perícias, os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante e em seguida foram levados para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro/PE, onde, após ter sido informado dos seus direitos e garantias constitucionais, dois deles acabaram sendo autuados pela prática de crime ambiental, contra a ordem econômica (sem licença para funcionar), e por possuir e empregar artefato explosivo, e caso sejam condenados poderá pegar penas que variam entre 5 a 10 anos de reclusão! No local também foram apreendidos diversas carteiras de motorista e identidades, R$ 750 reais, 02(dois) aparelhos celulares, espoletas, cordão detonante, 1,5Kg de material explosivos (Nitropena), além de 07 (sete) motos, 01 (um) veículo Parati e 01 (uma) retroescavadeira.

Em seus interrogatórios os presos não deram maiores detalhes de quem lhes havia aliciado para a prática do garimpo ilegal em Verdejantes/PE e que recebia uma remuneração diária no valor de R$ 70 e R$ 80 reais. Um deles informou que era o responsável por montar e detonar a emulsão explosiva, mas que tais artefatos não são de sua propriedade e que resolveu ir para o garimpo em virtude de problemas financeiros. Por fim disseram que trabalhavam cerca de 10 a 20 pessoas no garimpo e que tem consciência de que a prática era ilegal.

Os presos irão realizar exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal na data de hoje e em seguida serão encaminhados para a audiência de custódia e caso seja confirmada suas prisões preventivas, serão encaminhados para o respectivo sistema prisional (Cadeia Pública de Salgueiro/PE), onde ficarão à disposição da Justiça Federal, caso contrário responderão ao processo em liberdade. As investigações prosseguem no sentido de identificar e responsabilizar os principais responsáveis e financiadores pelo garimpo ilegal localizado na zona rural de Verdejante/PE.