PGR pede inquérito para apurar prevaricação de Bolsonaro no caso Covaxin

bolsonaro

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de um inquérito para investigar CRIME praticado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), acusado de prevaricação no caso da compra as vacinas COVAXIN.

A bomba contra o governo Bolsonaro explodiu após jornal revelar suposto esquema de propina na compra de vacinas, o que ganhou foco na CPI da COVID-19.

banner prefeitura são joao

Antes de assinar contrato para comprar vacina que custou R$ 80 reais (cada dose), o Governo Bolsonaro negou propostas para comprar vacina mais barata. Bolsonaro teria sido alertado sobre as irregularidades, que teria dito acionar a PF para investigar o caso, mas a CPI da COVID-19 descobriu que mesmo sabendo de irregularidades, a Polícia Federal não foi informada sobre nada por parte de Bolsonaro.  

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes