Padre Joselito anula de vez concurso público de Gravatá

O prefeito de Gravatá, Padre Joselito (PSB), encerrou de vez a celeuma sobre a realização do concurso público durante a gestão do ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB). Nesta quarta-feira (6) o prefeito assinou o decreto que anula o concurso público de provas e títulos.

O procurador-geral da cidade explicou em nota como a gestão recebeu o concurso público e que seguiu orientações de órgãos de fiscalização.

banner prefeitura são joao

Padre Joselito disse que seguiu a orientação do Ministério Público de Contas (MPC). O ex-padre alegou que com a anulação do concurso (na época) e posterior autorização, muitas pessoas teriam sido prejudicadas e incapacitadas de realizarem as provas.

Além disso, Joselito disse que concurso tinha diversas irregularidades e pediu a compreensão de todos. Com esta decisão, todos os cargos que estavam sendo concorridos continuarão sendo ocupados por pessoas indicadas pela gestão municipal, ou através de SELEÇÃO SIMPLIFICADAS. Não há mais previsão para realização de outro concurso.

LEIA TAMBÉM