Olha ai como funciona o isolamento social em Gravatá (PE)

Olha ai como funciona o isolamento social em Gravatá (PE)
Foto: Ivaldo Melo/reprodução

Carro para todos os lados. Buzinas, gritos, sorrisos e uma tranquilidade só. Assim tem sido os dias de ‘isolamento’ social em Gravatá, agreste pernambucano, o paraíso dos ricos e multimilionários.

Nem parece que a cidade registra um caso da doença, que muitas vezes pode ser mortal. No eixo central todos os estacionamentos permitidos estão tomados por veículos, em sua maioria de outras cidades.

O município tem mais de 500 condomínios, chácaras e prives. Lugar ideal para quem quer passar o período de isolamento com a família, mas com um diferencial, indo as ruas todos os dias.

Apesar de todos os esforços da gestão municipal, o perigo espreita pelas ruas do centro. Só resta abrir as sapatarias e lojas de roupas, os outros seguimentos aparentemente funcionam. Seria melhor abrir logo tudo de uma vez, já que não há pulso para o controle ‘das pessoas’, sejam nativas ou turistas.