Obras da adutora do Agreste avançam em Pernambuco

visita obra adutora do agreste 1

Nestas quarta e quinta (18 e 19), a presidente da Compesa, Manuela Marinho, acompanhada do diretor Técnico e de Engenharia, Flávio Figueiredo, e do diretor Regional de Interior, Mário Heitor, estão vistoriando o andamento de etapas importantes das obras da Adutora do Agreste e do Sistema Adutor de Tupanatinga. As obras são estruturadoras e vão mudar o cenário do abastecimento no Agreste, ampliando significativamente a oferta de água para a região e melhorando a vida de milhares de pessoas, conforme determinação do governador Paulo Câmara.

A agenda começou nesta quarta, em Arcoverde, quando foi vistoriada a execução das obras do Lote 1ª da Adutora do Agreste. Esse trecho é de extrema importância, pois é ele que se interliga ao Ramal do Agreste, compreendendo a implantação da adutora de água bruta, partindo do Reservatório Ipojuca (Ramal do Agreste) até a estação elevatória de água bruta, ambas localizadas no distrito de Ipojuca. Além do assentamento da adutora, as obras contemplam a implantação de estação elevatória de água bruta e implantação de subestação de energia elétrica para alimentação da unidade. O investimento total, somado as obras desse lote também em execução no município de Pesqueira, é da ordem de R$ 143 milhões.

banner prefeitura são joao

Hoje (19), a agenda seguirá com visita à execução do Lote 3, no município de Águas Belas. Neste trecho estão previstos a implantação de novas estações elevatórias, reservatórios e novas adutoras para atendimento dos municípios de Tupanatinga, Itaíba e Águas Belas. Ainda em relação à Adutora do Agreste, a equipe da Compesa irá até Buíque conferir o trabalho de implantação da estação elevatória do Riachão e, ainda, o assentamento de tubulações em Venturosa.

*POÇOS DE TUPANATINGA* – Outra obra estruturadora para a região Agreste capitaneada pelo Governo do Estado, também está na pauta de vistorias. Será conferida o andamento da implantação da bateria de poços do Sistema Adutor de Tupanatinga. A obra, no valor de R$ 54 milhões, integra o Sistema Adutor do Agreste e levará água para mais de 215 mil pessoas dos municípios de Buíque, Pedra, Venturosa, Tupanatinga, Itaíba, Águas Belas e Iati.

visita obra adutora do agreste 7

“Seguimos avançando para garantir a conclusão dessas importantes obras que vão elevar o abastecimento desta região para outro patamar, conforme determinação do governador Paulo Câmara. Estamos focados e com as equipes dedicadas para o bom andamento das intervenções que estão sendo acompanhadas de perto. Não vamos descansar até conseguirmos ampliar o abastecimento para a população, levando mais dignidade e qualidade de vida para milhares de pessoas”, afirmou a presidente da Compesa, Manuela Marinho.

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes