O que devem fazer donos e alunos de academias quando elas forem reabertas? Confira alguns pontos

Está previsto, para algumas cidades, a abertura de das academias de ginásticas a partir do próximo dia 20 de julho, mas para isso, os donos, instrutores e alunos clientes precisarão tomar alguns cuidados.

No que diz respeito ao distanciamento social, as academias deverão: limitar a quantidade de alunos que entram, sendo 1 aluno para cada 10 metros quadrados nas áreas de treinos, piscinas e vestiário; colocar fita marcando espaço em que cada aluno deve fazer os exercícios, separar os equipamentos pelo menos 2 metros um do outro; autorizar apenas 50% dos equipamentos de cardio; além de colocar gráfico com a frequência diária de alunos por horário.

banner prefeitura são joao

No quesito higiene; os empresários de academia deverão disponibilizar recipientes com álcool 70%; limpar todos os equipamentos na mudança de turno, ou durante os treinos; fechar uma área duas ou três vezes ao dia; obrigar o uso de equipamento por parte dos profissionais, colaboradores e terceirizados; obrigar o uso de máscaras por alunos e visitantes (inclusive durante os treinos); garantir que todas as pessoas limpem os calçados antes de entrar na academia; não permitir que alunos bebem água em fontes; abrir janelas para melhorar a ventilação da academia; comunicar que todos os alunos tragam suas toalhas para limpar os equipamentos durante o uso deles e por fim, não menos importante, que os equipamentos que deixem suor não sejam usados de modo comum (colchonetes).

LEIA TAMBÉM