Número de afogamentos aumentam no interior de Pernambuco durante a pandemia do coronavírus

Afogamento Panelas Agreste Violento

Cresceu o número de afogamentos registrados no interior de Pernambuco desde o início da pandemia do novo coronavírus. Só no mês de maio, o Pernambuco Notícias conseguiu rastrear seis afogamentos, registrados em: Riacho das Almas, Buíque, Bezerros, Itaíba e Ouricuri.

A pandemia pode estar diretamente ligada aos sequenciais afogamentos. Algumas pessoas estão aproveitando o tempo livre para recrear em reservatório de água. Um divertimento que muitas vezes está terminando tragicamente.

Em Abril, outros registros de afogamentos foram contabilizados em: Afogados da Ingazeira, Ouricuri, Tupanatinga, Petrolândia, Caetés, Iati, Sertânia, Garanhuns, Panelas, Ibimirim e Manari.

A maioria das pessoas estavam pescando ou recreando em açudes da zona rural. Outros acidentes fatais por afogamento ocorreram de modo que a polícia não soube precisar, ficando a morte a esclarecer.