“Não quis menosprezar Chã Grande” diz Joides Pereira, ao comparar Chã Grande com “vilarejo”

Novamente o grupo oposicionista ataca membros do governo municipal de Gravatá, agreste pernambucano. Um áudio gravado pelo secretário de planejamento e orçamento, Joeides Pereira, foi usado indevidamente para afrontar os moradores da cidade de Chã Grande, distante 18 km.

O secretário debatia questões orçamentárias e ao tentar defender a tese de que orçamento de Gravatá era maior que o da cidade de Chã Grande, o secretário disse que Chã Grande seria um “vilarejo” no comparativo arrecadatório e tributário do ponto de vista de Gravatá, que tem uma população quatro vezes maior.

A oposição jogou o áudio em grupos do WhatsApp distorcendo a realidade dos fatos e tentando criar um desafeto entre os moradores de Chã Grande com a gestão do prefeito Joaquim Neto (PSDB).

Desesperados para administrar a cidade, a oposição insiste em criar factoides, desavenças e folguedos para tentar manchar a imagem do gestor e sua equipe.