in

Mulher torturada em Cupira morre no Hospital da Restauração

Morreu nesta quinta-feira (29), no Hospital da Restauração (HR), no Recife, Maria Auxiliadora de Paiva, 59 anos, que foi torturada em Cupira, Agreste pernambucano, durante assalto.

O marido dela, José Aparecido da Silva, 58 anos, também agredido e morreu dentro de casa, invadida por marginais na madrugada de quinta-feira (22).

Os criminosos também espancaram um filho do casal, que tem necessidades especiais, e levaram objetos da residência. As investigações apontam para a participação de quatro suspeitos, um deles, menor de idade. Um homem foi preso e um menor apreendido. Dois suspeitos estão foragidos.

Polícia prende rapaz suspeito de aplicar golpes em Caruaru

Dia começa com mega operação da Polícia Civil em Gravatá; suspeitos de homicídios foram presos