28 C
Recife

“Mudança prometida pelo Padre Joselito foi só uma forma de enganar a população para ganhar voto”

Continua reverberando a entrevista da Delegada da GPCA, Patrícia Domingos, concedida ao programa REDAÇÃO DA NOVA, transmitido pela Rádio Nova FM, em Gravatá, agreste central.

A delegada lamentou o fato do atual prefeito da cidade, Joselito Gomes, ter nomeado para seu governo pessoas que estão negativas judicialmente. A delegada antecipou que a aprovação do projeto de Lei Ficha Limpa municipal seria importante para retirar tais figuras do governo:

banner prefeitura são joao

Isso é mais uma demonstração de que a mudança prometida pelo Padre Joselito foi só uma forma de enganar a população para ganhar voto. Porque quando você se propõe a fazer uma mudança real, a fazer uma gestão positiva pra cidade, você não vai colocar em cargo comissionado gente ficha suja, gente com conta rejeitada, que teve conta reprovada, gente teve condenação

A delegada disse que tem conhecimento da existência de um ‘grupo’ de pessoas enquadradas na lei de Ficha Suja e que estão atuando na gestão:

Infelizmente eu tenho conhecimento que existe um grupo de fichas sujas hoje trabalhando na prefeitura de Gravatá. E a pergunta que a gente fez é qual objetivo de nomear uma pessoa que desviou dinheiro público? É botar raposa para tomar conta do galinheiro”.

Doutora Patrícia Domingos enfatizou que o ex-padre Joselito deveria se atentar a um dos 10 mandamentos difundidos pela igreja:

Se tratando de uma pessoa que já foi padre e que pregou a moral cristã, a gente deveria pensar sobre isso, lembrar dos 10 mandamentos: não roubarás. É lamentável que ele escolha para fazer parte do governo dele pessoas que desviaram dinheiro da população

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,39
EUR
5,54
CNY
0,80

Em destaque