Ministro israelense disse que coronavírus é ‘punição Deus aos gays’ está infectado

Ministro israelense disse que coronavírus é ‘punição Deus aos gays’ está infectado

O preconceituoso ministro de Israel, Yaakov Litzman, 71 anos, que recentemente disse que o coronavírus era uma punição de Deus ao gays, foi diagnosticado com coronavírus. Ele disse que o coronavírus era uma punição divina à homossexualidade.

Segundo jornal de Israel, o ministro violou as diretrizes do Ministério da Saúde sobre distanciamento social e continuou participando de cultos e orações.

O ministro foi vido rezando na casa de membros de sua congregação religiosa. A esposa dele também foi diagnosticada com o COVID-19.