Ministro da Educação diz que Brasília é o ‘cancro de corrupção’

Ministro da Educação diz que Brasília é o ‘cancro de corrupção’

Continua repercutindo nos bastidores da justiça a fala do secretário de educação, Abraham Weintraub, durante reunião com Bolsonaro (sem partido) ocorrida em 22 de abril, cujo conteúdo foi exposto com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na reunião o responsável pelo MEC falou em prender os Ministros do STF: “A gente está perdendo a luta pela liberdade. É isso que o povo está gritando. Não está gritando para ter mais estados ou mais projetos. O povo está gritando por liberdade. Ponto. É isso que a gente está perdendo. Está perdendo mesmo. O povo está querendo ver o que me troxue até aqui. Eu, por, mim, botava esses ‘vagabundos’ todos na cadeia, começando no STF. É isso que me choca”

O ministro disse que Brasília seria o ‘cranco’ da corrupção brasileira e que tinha uma visão diferente da capital brasileira: “Não quero ser escravo neste país, e acabar com essa porcaria que é Brasília. Isso aqui é um cancro de corrupção e privilégios. Eu tinha uma visão extremamente negativa de Brasília. Brasília é muito pior do que podia imaginar. As pessoas, aqui, perdem a percepção, a empatia e a relação com o povo. Se sentem inexpugnáveis”, acusou o ministro.