Limoeiro: Polícia Federal dá detalhes sobre explosão de agência da CAIXA

A Polícia Federal em Pernambuco tendo em vista a investida de bandidos que explodiram terminais eletrônicos da Caixa Econômica Federal de Limoeiro/PE na madrugada de hoje 01/07/2020 por volta das 4h que fica situada na Rua Santo Antonio, nº 179 – centro – Limoeiro/PE, distante cerca de 70km de Recife/PE, INFORMA O SEGUINTE: a investida desde a chegada dos suspeitos até a consumação da explosão durou cerca de 10 (dez) minutos e contou com a participação direta de pelo menos 12 (doze) assaltantes (ainda sem identificação) que estavam em dois veículos, sendo uma SW4-preta e S10-prata e uma moto dando cobertura para a entrada dos veículos na cidade.

Na ação os bandidos que estavam fortemente armados se dividiram em dois grupos onde parte da quadrilha ficou fora da agência dando cobertura e o restante se dirigiram até caixas eletrônicos, danificaram sua parte frontal que libera as notas, colocando os artefatos explosivos e provocando uma explosão danificando o teto e pelo menos 04 (quatro) terminais eletrônicos da agência.

Os criminosos levaram parte do dinheiro existente nos terminais (quantia não será informada). Após a explosão os suspeitos saíram da agência, atirando para o alto para intimidar a população local colocando inclusive grampos na pista com o objetivo de furar os pneus das viaturas da polícia militar numa possível perseguição e depois fugiram tomando destino ignorado.

A Polícia Militar foi acionada e se dirigiu para o local minutos depois, fez algumas incursões com vistas a capturar os suspeitos, porém, não logrou êxito em suas prisões.

Ao tomar conhecimento dos fatos a Polícia Federal deslocou uma equipe para o local, no intuito de realizar as primeiras investigações e perícias, testemunhas serão ouvidas a fim de que possam subsidiar as investigações que estão em andamento e inquérito policial será instaurado. As investigações vão prosseguir, no sentido de identificar, localizar e prender todos os integrantes desta quadrilha de criminosos que empreenderam fuga. O GBE-Grupamento de Bombas e Explosivos da Polícia Federal, também está indo ao local com o objetivo de fazer uma varredura no local e retirar com segurança qualquer artefato explosivo que porventura não tiver sido detonado. Qualquer informação que possa levar a captura e identificação de toda a quadrilha pode ser feita através do disk-denúncia pelo número 3421-9595 que terá sua identificação, sigilo e anonimato preservados. As investigações ficarão a cargo da Polícia Federal.