Líder do Banco Mundial diz que mais de 60 milhões de pessoas vão ficar em extrema pobreza por conta da pandemia

Líder do Banco Mundial diz que mais de 60 milhões de pessoas vão ficar em extrema pobreza por conta da pandemia

O líder do Banco Mundial alertou sobre a possibilidade de faltar dinheiro para os mais pobres. Em entrevista, David Malpassa, afirmou que a dimensão da crise forçará os países em desenvolvimento a repensarem a estrutura econômica.

A pandemia do novo coronavírus já teria causado um estrago de 5 bilhões de dólares, isto numa primeira estimativa de danos. É provável que 60 milhões de pessoas entram em pobreza extrema, o que poderia crescer à medida que a crise se prolongar.

Nas próximas semanas o Banco Mundial deverá rever números das expectativas econômicas. Para David Malpassa, a pandemia da COVID-19 deverá provar um desastre financeiro maior que a Segunda Guerra Mundial.