23.6 C
Gravatá

Léo Giestosa: uma zika política e amigo de Mick Jagger

Parece que Léo Giestosa anda jogando blackjack com Mick Jagger, o pé frio dos clássicos da copa do mundo. Em todo grupo político que Léo Giestosa coloca os pés, dá tudo errado, uma espécie de ‘zika política’.

Em 2012 ele foi do lado do ex-prefeito Bruno Martiniano (sem partido), que acabou sendo afastado do poder e o município sofrendo uma intervenção estadual sob o comando do Coronel Mário Cavalcanti. Deu zika!

banner prefeitura

Em 2015/2016, Léo Giestosa se tornou simpatizante do interventor, mas acabou dando zika, pois o interventor se envolveu em escândalos administrativos e quase foi pra o ‘beleléu”. Deu Zika!

Nas eleições de 2016, Giestosa foi para o grupo de João Paulo, que tinha tudo para vencer as eleições, mas acabou dando zika e João Paulo saiu derrotado.

No segundo tempo do governo de Joaquim Neto, Léo Giestosa virou a casaca e passou a apoiar o tucano, mas acabou dando zika na campanha de Joaquim, que saiu derrotado para um candidato que era conselheiro tutelar. Carregado, deu zika!

Quando Léo Giestosa votou em Léo do AR (PSDB) para presidente da Câmara, deu zika! E depois que ele saiu do grupo de Léo do AR e tentou ser candidato a presidente, deu zika de novo! Léo do AR se livrou da mazela, venceu o processo, enquanto seu rival volto pra casa com as mãos abanando.

Léo Giestosa

Será que depois de tanta zika o Padre ainda vai querer Giestosa? Ozano e Waldemar Borges já podem contratar a sensitiva Márcia para uma sessão de descarregado com urtiga, hortelã da folha miúda, pião roxo e arruda.

Leia também:

- Advertisement -
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Detectamos que você está usando extensões para bloquear anúncios. Por favor, ajude-nos desativando este bloqueador de anúncios.

Powered By
CHP Adblock Detector Plugin | Codehelppro