Léo do AR disse que projeto da Ficha Suja já havia sido aprovada na câmara, mas teria sumido


O presidente da Câmara de Gravatá, Léo do AR (PSDB), usou a tribuna da Câmara Municipal para se manifestar sobre a votação do Projeto de Lei de Ficha Limpa, aprovado por unanimidade de votos na última terça-feira (14).

Léo do AR deixou claro que ele mesmo apresentou o mesmo projeto em 2013, que na oportunidade foi aprovado, não foi sancionado. A fala complementou o pronunciamento do vereador Luiz Prequé (PSD) que alegou que a matéria já teria sido votada e se tornado Lei.

banner prefeitura são joao

O presidente da câmara alegou que o Projeto apresentado por ele em 2013 não se tornou lei porque não foi sancionado pelo ex-prefeito Bruno Martiniano (sem partido) e nem promulgado pelo ex-presidente da Câmara, Pedro Martiniano. Ouça o pronunciamento.

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes