Fama e TV

Justiça decreta prisão de Giba por não pagamento de pensão alimentícia de R$ 300 mil

A justiça voltou a cobrar a prisão do ex-jogador da seleção brasileira de vôlei, Giba. O motivo seria a falta de pagamento de pensão alimentícia no valor de R$ 300 mil reais.

Giba teve dois filhos com a ex-jogadora Cristina Pirv, que hoje mora na Romênia. O mandado de prisão foi expedido por juíza da 7ª vara da família do Paraná. A informação foi confirmada pela imprensa.

A primeira vez que Giba teve mandado de prisão decretada foi em 2018. Na época ele estava na Coreia do Sul, representando o Brasil nos jogos olímpicos de inverno.

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido!

Adblock detectado

Desative seu bloqueador de anúncio