Integrantes do MBL são presos suspeitos de desviarem 400 milhões de empresas

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu nesta sexta-feira (10) integrantes do grupo Movimento Brasil Live (MBL) suspeitos de desviarem mais de 400 milhões de empresas.

Os envolvidos foram identificados como Alessander Mônaco Ferreira e Carlos Augusto de Moraes Afonso. Eles responderão por lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio.

banner prefeitura são joao

Trinta e cinco policiais civil do DOPE e 16 viaturas participaram da operação realizada em São Paulo. As investigações contaram com a atuação do Ministério Público Estadual e Receita Federal.

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes