24 C
Recife

Homem sobrevive após ferro atravessar pescoço e perfurar crânio

Um homem de 29 anos nasceu novamente após um acidente que quase lhe tirou a vida. Aldinailson Pereira dos Santos se acidentou com uma arma caseira que possui um ferro, parecida com uma espingarda. O caso foi registrado em Monte Alegre, Pará.

A arma chamada ‘bufete’ acabou apresentando um problema e resultou em ferimento que perfurou uma área entre o pescoço e o crânio do rapaz.

Por um centímetro a arma não atingiu a carótica interna, artéria que leva sangue ao cérebro.  O rapaz estava se preparando para ir caçar a noite, mas acabou disparando. O médico responsável pelo procedimento cirúrgico disse que a artéria tivesse sido rompida, o paciente não teria tido qualquer chance de sobrevivência.

COMPARTILHE REPORTAGEM

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,11
EUR
5,22
CNY
0,76

Em destaque