26 C
Recife

Homem que trabalhou como empregado para família Bolsonaro diz que devolvia 80% do salário para ex-mulher do presidente

aao2t3c

Um homem que trabalho como empregado para a família do presidente Bolsonaro (sem partido) afirmou testemunhado durante 14 anos a pratica de uma série de ‘crimes’ que teria sido cometido pela ex-mulher do presidente e pelos filhos Flávio e Carlos Bolsonaro. A informação foi divulgada pelo portal METRÓPOLES.

Marcelo Luiz Nogueira dos Santos deu detalhes dos anos que trabalhou para família Bolsonaro e depois de pedir demissão por não receber o salário pedido por ele.

Inicialmente Marcelo trabalhou na campanha de Flávio Bolsonaro e entre 2003 e 2017 trabalho no gabinete do deputado estadual. Quando Bolsonaro se separou da ex-mulher, passou a servir como babá do filho Jair Renan.

Entre 2014 e 2021 trabalhou como empregado doméstico em casas da família Bolsonaro. O empregado devolveu 80% de tudo que recebeu no gabinete de Flávio Bolsonaro. O valor somado chega a R$ 340 mil reais.

O empregado disse que a ex-mulher de Bolsonaro construiu seu patrimônio, algo em torno de R$ 5 milhões, usando laranjas. O entrevistado disse que sacava seu dinheiro e entregava 80% dele para a ex-mulher de Bolsonaro.

O homem disse que largou o trabalho porque foi convidado para trabalhar em Brasília, onde receberia R$ 3 mil reais, mas só estava recebendo 1300 sob alegação de ‘falta de dinheiro’. Sem condições para voltar pra casa, Marcelo Nogueira disse que ficou em condições ‘análogas à escravidão’. O acusador disse ter procurado o Ministério Público do Trabalho para fazer denúncias de violações trabalhistas contra a ex-mulher de Bolsonaro.

COMPARTILHE REPORTAGEM

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,11
EUR
5,22
CNY
0,76

Em destaque