GravatáPolítica

Grupo de Prequé está forte igual a caldo cabeça de peixe

Grupo de Prequé está forte igual a caldo cabeça de peixe

O vereador Luiz Prequé (PSD) está raivoso com o resultado da eleição na última sexta-feira (6), onde ficou impossibilitado de votar e ser votado após ser desempoçado por não apresentar seu diploma eleitoral e sua declaração de bens.

O vereador perdeu as estribeiras, tomou microfone e bradou que o presidente da sessão estava errado. Luiz Prequé estava tão eufórico que no momento da votação esqueceu de votar nele mesmo e o resultado da eleição em verdade foi 6×7, uma vez que Nino da Gaiola (PP) votou nele mesmo.

Mas, Prequé não contava com o efeito surpresa. O vereador Nino da Gaiola poderá não votar nele, caso a justiça autorize outra eleição, o que é pouco provável, visto que o presidente da câmara cumpriu o que diz o Regimento Interno em seus artigos 11 e 14, que após a posse, o vereador deve apresentar IMEDIATAMENTE diploma e declaração de bens.

Nino poderá votar em Léo do AR (PSDB) e diluir a caneta MomtBlanc presidencial que tanto almeja. Em outras palavras, o grupo de Prequé está fraco igual a caldo de cabeça de peixe.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative seu bloqueador de anúncio