26 C
Recife

Gravatá: vereadores aprovam LDO enviada por prefeito; G8 foi fundamental

Sem os oito votos do G8 no próximo ano Gravatá estaria sem orçamento e o prefeito da cidade travado e sem condições de governar a cidade. Apesar de os oito vereadores do G8 terem sido eleitos no palanque da oposição, todos eles concordaram em ajudar atual administração. Isso só prova que nenhum vereador de Gravatá é contrário ao desenvolvimento da cidade, mesmo com divergências partidárias.

Nesta última quinta-feira (26) o presidente da Câmara Municipal, Léo do AR (PSDB), colocou em votação o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentarias (LDO). A LDO norteia a gestão municipal no que diz respeito aos recursos que serão aplicados e administrados pelas pastas ordenadoras, a exemplo da educação, saúde e assistência social.

As comissões da câmara de Gravatá analisaram pontualmente todo o projeto e concordaram em modificar alguns pontos do projeto, apresentando 04 emendas, que foram aprovadas.

O vereador Léo Giestosa (PTB) não se fez presente na reunião por questões pessoais não informadas à imprensa. Apenas seis vereadores governistas estiveram presentes na reunião, e com esta quantidade de votos o projeto seria REPROVADO. A intervenção do G8 foi trivial para a aprovação da LDO, um sinal laranja para a atual gestão.

COMPARTILHE REPORTAGEM

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,11
EUR
5,22
CNY
0,76

Em destaque