Gravatá: Usuários reclamam do serviço TFD; paciente precisou alugar carro particular

Uma mulher que se identificou como Maria José, fez um desabafo sobre o serviço de Transporte Fora de Domicílio (TFD), oferecido pela Prefeitura Municipal de Gravatá, agreste pernambucano. O desabafo foi feito na Rádio Clima FM (98.5 MHz), no programa de variedades apresentado por Nunes Magalhães, das 9 às 12 horas.

A denunciante informou que por algumas vezes procurou o setor de triagem do TFD da prefeitura para marcar uma viagem ao Recife para sua filha, que necessitava tomar uma vacina de extrema necessidade.

banner prefeitura são joao

Na regulação do TFD, Maria José foi informada que não poderia ser feita marcação por não haver mais vagas nos veículos que conduzem pacientes para outras cidades, a exemplo de Caruaru e Recife.

DEPOIMENTO DA OUVINTE:

Para a surpresa da mulher, no mesmo local onde negaram transporte, haviam vários veículos parados da secretaria de saúde, os mesmos usados para transportar pessoas para outras cidades. A mulher precisou alugar um veículo para que sua filha fosse ao Recife fazer uso da vacina.

Gravatá
Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes