GRAVATÁ: sem água da COMPESA, moradores ameaçam invadir posto para furtar água

GRAVATÁ

Um grupo de moradores do bairro Princesa de Gales, em Gravatá, estão usando aplicativo de mensagens para organizar a invasão de uma unidade reservatória da Companhia Pernambucana de Saneamento (COMPESA) existente no mesmo bairro.

Os moradores estão cobrando a regularização no abastecimento. Eles informam publicamente, no rádio e na internet, que estão sem abastecimento há mais de 20 dias, mesmo com as contas em dia.

banner prefeitura são joao

O atraso no abastecimento é um dos piores nos últimos anos. A COMPESA não se pronunciou oficialmente sobre o motivo de tantas queixas sobre atraso no abastecimento, não cumprimento do calendário e envio de fatura sem o fornecimento do produto dentro de sua proporcionalidade.


Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes