Gravatá: homem preso com 132 quilo de maconha e R$ 20 mil reais

Agentes da 62ª Delegacia de Polícia Civil de Gravatá, agreste pernambucano, cumpriram o mandado de prisão temporária em desfavor de uma pessoa acusada de ter envolvimento com o tráfico de drogas na cidade.

A prisão ocorreu nesta última terça-feira (28) sob a coordenação da delegada titular da DEPOL, Gabriele Nishida. O mandado foi expedido pela vara criminal da Comarca de Gravatá, cuja titularidade é do juiz Dr. Severiano de Lemos Antunes Júnior.

banner prefeitura são joao

Na residência do envolvido a polícia teria aprendido 132 quilos de maconha, mas na oportunidade o envolvido fugiu, sendo localizado apenas na terça-feira passada. O processo de investigação também resultou na prisão da companheira do envolvido, fato ocorrido em abril deste ano.

No momento da prisão, a polícia encontrou na casa do suspeito R$ 20 mil reais, aparelhos celulares, e um caderno com anotações da contabilidade tráfico.

O envolvido, cujo o nome não foi divulgado, foi levado para DEPOL, de onde foi removido para o presídio de Vitória de Santo Antão, zona da mata, onde ficará à disposição da justiça.

LEIA TAMBÉM