BuíquePolícia

Falso dentista é preso em flagrante dentro de consultório no interior de Pernambuco

Cortesia/CRO-PE

Um homem foi preso acusado de exercer ilegalmente a profissão de dentista. O flagrante foi restirado nesta segunda-feira (3) pela fiscalização do Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco (CRO/PE) em Buíque, região agreste meridional de Pernambuco. Esta é a quinta vez que o CRO consegue localizar e prender pessoa atuando ilegalmente.

Segundo informações, no consultório, pacientes já estavam aguardando a chegada do falso profissional. Os agentes do CRO/PE acionaram a polícia para concretizar o flagrante delito. Na clínica a polícia encontrou documentação, consultório, material de consumo utilizado recentemente. No local não havia a presença de um cirurgião-dentista, apenas o denunciado.

O homem foi levado para a delegacia de polícia civil onde foi qualificado em flagrante. Ele responderá pelo crime de exercício ilegal de dentista, conforme descrito no Artigo 282 do Código Penal Brasileiro (CPB), cuja pena varia de seis meses a dois anos de detenção. Como era feita cobrança, o acusado também pagará multa por charlatanismo.

O CRO/PE alega que praticas ilegais desta natureza colocam em risco a saúde da população. Para resultados positivos como esse é necessário a participação de todos através de denúncias anônimas. Na denúncia é preciso apresentar endereço completo, nome do acusado, horário de atendimento e outros detalhes que ajudem a constatar o exercício ilegal da profissão.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative seu bloqueador de anúncio