26 C
Recife

Executiva da AVON é demitida após ser acusada de escravizar idosa em São Paulo

A AVON demitiu uma executiva de 29 anos, identificada como Mariah Corazza Üstündag, acusada de manter uma idosa de 61 anos em situação semelhante de escravidão. A ocorrência foi registrada em São Paulo. A idosa teria sido abandonada na casa pelos patrões, que havia se mudado.

A executiva da AVON foi presa em flagrante, mas no mesmo dia foi solta após pagar fiança de R$ 2.100. A AVON emitiu nota lamentando a ocorrência e informando que tomou conhecimento da violação dos direitos humanos, e diante disto a funcionária não integraria mais o quadro de colaboradores da companhia. A AVON disse que iria prestar acolhimento à vítima, mesmo não tenho nenhuma ligação com o caso.

banner prefeitura são joao

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,43
EUR
5,53
CNY
0,81

Em destaque