EXCLUSIVO: gravataense encontrado queimado no agreste do Estado da Paraíba


O corpo de um homem natural da cidade de Gravatá, agreste pernambucano, foi encontrado morto na manhã desta última segunda-feira (19) na zona rural da cidade de Aroeira, região agreste do Estado da Paraíba (PB).

Segundo informações, o corpo estava parcialmente carbonizado e com marcas de cinco disparos de arma de fogo. Próximo ao corpo foram encontrados documentos, mas eles estavam também queimados.

A polícia informou que haviam três disparos na cabeça e dois disparos nas costas. A vítima foi identificada como Antônio Luiz do Nascimento Filho, 41 anos, que seria natural de Gravatá e eleitora na cidade de Surubim, também no agreste.

Uma fonte, que não será identificada, revelou que vítima era conhecida como “toinho baleado” e teria passagem pelo sistema prisional pelo passado na vida pregressa. O caso continuará sendo investigado pela Polícia judiciária.