Empresa demite gerente e dois funcionários após acusação de ataque homofóbico contra homem casado com mulher trans

casal homofobia

O gerente e dois funcionários de uma empresa situada no Grande Recife, foram demitidos após processo administrativo constatar que todos tiveram conduta lesiva contra a honra de funcionários casado com mulher trans.

A demissão foi confirmada nesta última terça-feira (17). A empresa presta serviço para a prefeitura de Igarassu (RMR). O gerente e os dois funcionários gravaram vídeo mostrando um vibrador, alegando que o funcionário, que estava de férias, havia esquecido o ‘brinquedinho’ na empresa, o que não era verdade.

banner prefeitura são joao

O auxiliar de mecânico, Klebson Gouveia, 28 anos, recebeu o vídeo e procurou a polícia para iniciar processo de investigação de crime de homofobia e transfobia. A Polícia Civil deve acionar os envolvidos, que ainda responderão processo criminal.

LEIA TAMBÉM